FANDOM


Amor de Peixes
Cavaleiro de Ouro de Peixes (Séc. XXI)
SSOAmor
Nome
Títulos O Cavaleiro que governa a Fascinação e a Orientação.
Original 魚座=のアモール
Romanização Pisukesu no Amôru
Dados Gerais
Classificação Cavaleiro de Ouro
Armadura Armadura de Peixes
Constelação Pisces
Dados Pessoais
Raça Humano
Gênero Masculino
Idade 25 anos
Aniversário 29 de Fevereiro
Signo Peixes
Local de Nascimento França
Séculos Ativo(a) Século XXI
Dados do Treinamento
Dados do Mangá/Anime
Estréia Anime (Ω): episódio 41
Seiyū Akira Ishida
Dublador Paulo Vignolo


Cavaleiro de Ouro da constelação de Peixes, defensor de Pisces, última das Novas Doze Casas do Zodíaco. Responsável pela Condução e pelo Encanto. Controla um poderoso cosmo da Água, bem como um cosmo das Trevas de mesmo nível, algo raro entre os Cavaleiros. Como irmão mais novo de Medéia, é também tio de Eden, mas sua identidade permanece envolta em mistério. Ele possui diversos poderes que se assemelham aos de um feiticeiro, e lida com seus adversários como se estivesse em uma peça de teatro.

Descrição do personagem no site da Toei

[1]

Amor de Peixes (魚座(ピスケス)のアモール, Pisukesu no Amôru) foi o Cavaleiro de Ouro da Constelação de Peixe no novo Santuário regido por Marte durante a Guerra Santa final entre o Deus da Guerra e Atena no século XXI. Foi um dos poucos que realmente sabia que Medea, sua irmã, fora a real responsável por orquestrar toda a guerra em si. Ironicamente, quando Amor descobriu que também estava sendo usado por sua irmã para o despertar do deus Apsu fora apenas para ser morto pelo receptáculo do mesmo logo em seguida.

Origem do Nome

"Amor" é um dos nomes para se referir ao deus romano Cupido, que representa a paixão e o desejo amoroso, sendo o equivalente a Eros da mitologia grega que é comumente apresentado na mitologia como filho de Venus e Marte, o que por sua vez enfatiza sua constelação protetora que está enraizada na história das divindades.

Seu nome também é anagrama da palavra "Roma" em homenagem a poderosa cidade homônima que por sua vez esta relacionado as divindades gregas que passaram para o aspecto romano.

Características

Aparência

Amor perfil--fair--

Amor com sua Armadura de Peixes

Amor é um jovem alto, de pele branca, com uma aparência semelhante à de um querubim; com um rosto sempre sorridente, olhos grandes de uma bela cor azul claro brilhante e cabelos loiros curtos arrepiados, penteados para cima. Em geral, tais características físicas o divergem muito dos Cavaleiro de Peixes anteriores.

Amor sempre é visto usando sua armadura decorada com um lenço longo azul escuro no pescoço que dá um ar elegante e refinado. Ele também não utiliza o elmo de sua Armadura.

Personalidade

Amor06

Atitude teatral de Amor

Amor demonstrou ser uma pessoa bem humorada, descontraída, zombadora, confiante, mal-intencionada, que nunca deixa se afetar pelas circunstâncias e também tendia a ter uma natureza mentirosa para enganar os outros. Ele também era uma pessoa de trejeito teatral e dramático que tinha um gosto por peças de teatro como mostrou ao se retratar como um menino muito lindo sobre uma luz ofuscante, bem como também gostava de fazer teatro de marionetes que contam a historia de sua vida. Amor também não se importava com o fato de Marte estar sendo usado por sua irmã.

A relação exata entre ele e sua irmã, Medea, fora muito misteriosa, no entanto, Amor admirava e permanecia fiel a ela, ajudando-a a realizar seus planos, independente de quem morresse ou não cumprindo as missões, bem como também não demonstrava ter nenhum problema em "remover" aqueles que podiam ser um risco aos planos dela, mesmo que fossem Cavaleiros de Ouro como ele. Contudo, após descobrir que Medea o estava usando fez que ficasse chocado e indignado, ainda mais ao saber que ela o descartou. Já com Eden, Amor tinha um certo grau de respeito por seu sobrinho, embora não se sabe se ele o tem por vontade própria ou pelo mesmo ser filho de sua irmã. Todavia, tal como os servos de Marte, Amor também lutava para que Eden fosse o Príncipe do Novo Mundo que viria com a revolução do Deus da Guerra. Contudo, ao perceber os reais planos de Medea, ele decidiu matar seu sobrinho, possivelmente porque sentia ciúmes que Medea escolhera reinar com seu filho e não se importava que seu irmão fosse morrer.

Amor e Yuna--fair--

Amor seduzindo Yuna

Amor também era um homem encantador com as mulheres e era muito confiante de suas habilidades de conquistador ao ponto de comentar que "nunca tinha sido rejeitado", no entanto, ele não hesita em atacar seu objeto de desejo quando ele fica incomodado pela insistência. É demonstrado que ele tinha um interesse especial por Yuna, a querendo como sua namorada no novo mundo e também não mostrou nenhum desejo de lutar contra isso, todavia ele não hesitou em machucá-la quando ela se tornou um obstáculo para o que ele e sua irmã queriam fazer.
Amor77

Amor perde seu autocontrole

Em batalha, Amor era muito sereno e calmo, não perdendo sua compostura por nada durante o calor de uma luta, bem como é muito confiante de suas habilidades. Ele também tinha o habito de rir e zombar de seus inimigos após as tentativas de ataca-lo serem inúteis, bem como adorava assistir a massacres e se referir as suas lutas como um "ato de teatro". Apesar de seu grande autocontrole, após descobrir que não passava de um peão descartável no plano de sua irmã, Amor realmente perdeu o controle sobre si mesmo e ficou em um estado de fúria insana, o que em última análise, acabou sendo o principal fator que causou sua morte.

Histórico

Infância [2]

Amor30

A suposta história sobre a infância de Amor

Segundo o modo como Amor mostrou sua historia em um teatro de fantoches, ele vivia junto com sua irmã Medea e por possuírem um imenso cosmo das trevas eram discriminados pelas pessoas, por isso sua irmã sempre o protegia e cuidava dele. Numa noite as pessoas os cercaram e queriam mata-los, mas Medea despertou o cosmo das trevas e matou todos que tentaram matar Amor, que achou tão bonito que queria ver mais coisas como aquela e passou a seguir sua irmã em todas as suas ações.

Após Medea se casar com Ludwig, a reencarnação do deus romano da guerra, Marte, Amor visitou Eden, contudo o mesmo era muito jovem para se recordar de seu tio.

Em algum momento depois de Marte tomar o Santuário de Atena, Amor, presumivelmente, recebera a Armadura de Peixes de sua irmã, todavia sua existência fora mantida em segredo de até mesmo dos demais Cavaleiros de Ouro.

Saga de Marte

Novas Doze Casas

Omega87 11

Primeira aparição de Amor

Quando Micenas de Leão estava prestes a matar Medea por ter descoberto que ela estava manipulando Marte, Amor o detém e uma batalha se inicia. Micenas então diz que se lutarem ocorreria uma Guerra de Mil Dias, mas Amor debocha dele pois para que ocorra tal guerra os poderes de ambos devem ser iguais, porém a diferença de poderes entre Peixes e Leão
Amor vs micenas

Amor enfrenta Micenas

são esmagadoras. Mesmo assim, Micenas resolve enfrentá-lo e começa a elevar o seu cosmo, Amor então ri e friamente diz adeus a Micenas, queimando o seu cosmo das trevas e assassinando o Cavaleiro de Leão em seguida.

Logo após isso, Amor é visto conversando com sua irmã, asseverando que os Cavaleiros de Bronze teriam de enfrentar o guerreiro mas forte dentre os Cavaleiros de Ouro, Ionia de Capricórnio e que ele os derrotaria devido ao seu grande poder.

Casa de Peixes

411

Kouga desperta o cosmo das trevas

Quando os jovens Cavaleiros entram na Casa, Amor aparece e se apresenta para eles, utilizando sua técnica do estilo água para criar uma barreira para separa-los. Em vão, Souma de Leão Menor e Haruto de Lobo tentam romper a parede de água, o que irrita Yuna e Kouga. Quando o jovem Cavaleiro de Bronze vai atacá-lo, Amor prende-o utilizando sua técnica, disparando lanças de energia das trevas que paralisam os movimentos do corpo e da face.

Amor então usa sua técnica mistica para convocar os quatro Imperadores de Marte enfrentem Souma, Haruto e Ryuho, que haviam ficado retidos do outro lado da barreira de água. Apesar de Yuna de Águia atacar o Cavaleiro de Peixes, o mesmo não se incomoda e fica mais interessado em despertar o Cosmo das Trevas de Kouga de Pégaso e cortejar a Amazona. Os amigos de Kouga o exortam a não ceder à tentação do Cavaleiro Dourado, prometendo resistir à pressão dos Quatro Imperadores de Marte.

Amor.

Amor admira a personalidade feroz de Yuna

Autoconfiante e cheio de si, Amor bloqueia e paralisa os golpes e gestos de Yuna, se utilizando de disparos que acertam pontos do corpo com água pressurizada, até que a Amazona fique sentada, inconsciente, ao seu lado, no sofá. Algum tempo depois, Yuna consegue recuperar a consciência e o domínio dos movimentos e parte para um impetuoso ataque ao Cavaleiro de Peixes, que a repele com extrema facilidade, arremessando-a longe com mais um disparo, desta vez no centro do corpo.

Após Medea considerar vital que Kouga desenvolva a energia maligna do Cosmo das Trevas, Amor indaga a irmã sobre o porquê de tudo aquilo, sendo que Marte já era muito poderoso. Como a feiticeira parece ter certo receio de revelar tudo; Amor logo corta o assunto dizendo que quanto mais energia pudessem pegar seria melhor, e desejando vida longa a Marte e ao novo mundo que o Deus da Guerra deseja criar.

Quando o Cavaleiro Dourado se prepara para desferir o ataque final em Yuna se utilizando de uma lança de energia das trevas, Kouga libera seu Cosmo das Trevas. Desvencilhado das lanças que o aprisionavam, o jovem Pégaso bloqueia o golpe desferido por Amor, além de proteger Yuna. Kouga então é advertido por Amor da escolha consciente que havia feito de se utilizar o Cosmo das Trevas, mesmo que fosse com o intuito de salvar seus companheiros da morte certa. Após destruir a barreira de Amor e vencer um dos Imperadores de Marte, sem ter perdido completamente a consciência de quem era, Kouga enfatiza que não pode ser dominado pela escuridão, uma vez que era o Cavaleiro da Luz, no entanto, Amor discorda desta resolução, provocando a expansão da energia maligna com seu próprio Cosmo que provocou um liberação do potencial do Cosmo das Trevas de corpo de Kouga. Os cavaleiros tentam despertar Kouga, mas são atingidos pelo Cosmo das Trevas, antes mesmo de conseguirem se aproximar dele, que começa a lhes invadir o corpo e o cosmo e logo em seguida são atirados para longe. Ficando maravilhado com as cena da liberação de trevas de Kouga, quando Yuna procura também libertá-lo, Amor a imobiliza e logo em seguida a arremessa para longe.

AmorvsEden--fair--

Amor luta contra Eden

Nada surpreso com a energia liberada de Yuna, Amor declara que mesmo ela selando a energia da escuridão, ainda seria a única arma necessária para vencer os Três Imperadores de Marte restantes, fazendo com que a raiva de Pégaso, ao ver seus amigos, derrotados, desperte novamente o Cosmo das Trevas. Quando o mesmo vai a caminho do Deus Marte, Yuna bloqueia a atenção de Amor, o fazendo suspirar e novamente lançar cortejos sobre a amazona. Quando se decide acabar de vez com a amazona, ele é interrompido por Eden de Órion que vem para lutar contra o seu tio.

Durante a batalha, Amor confessa a Eden que matou Micenas e o provoca dizendo que o Leão foi um oponente fraquíssimo, fazendo com que o Cavaleiro de Órion o ataque furiosamente, mas ele bloqueia os golpes facilmente e dá um golpe preciso no estômago, o afastando. Eden tenta novamente ataca-lo, mas Amor bloqueia seus movimentos algemando-o contra a parede. Quando Amor se prepara para deixar seu templo para encontrar Kouga, Yuna o detêm, mas é facilmente repelida pelo Cavaleiro de Ouro, só que a mesma ainda persiste e ergue seu cosmo.

Após Eden conseguir escapar da técnica de Amor e se preparar para atacar seu tio, Yuna decide lhe dar tempo para que o mesmo vá ajudar Kouga.

Planeta Marte

Amor42

Amor com o poder das trevas de Marte

Após a derrota de Marte, Amor vai para o Planeta Vermelho para ajudar a sua irmã a completar seu plano e obtêm o Cosmo escuro do deus derrotado, tornando-se mais forte do que antes. Tempos depois, ele se reúne com Kouga e Eden, e, em seguida, com sua irmã Medea em seu palácio, onde começou a lutar contra eles para fazer Apsu despertar usando o jovem Pégaso como um receptáculo. Durante o combate, Amor consegue transferir o cosmo escuro que recebeu de sua irmã para Kouga, no entanto, para sua surpresa, o poder do Cavaleiro torna-se ainda mais poderoso.
Derrota de amor de peixes

Amor é derrotado por Kouga possuído por Apsu

Em um ponto na batalha, Amor finalmente percebe que ele era apenas um peão no plano de sua irmã. Vendo a traição cruel dela, Amor se enfurece e começa a atacar selvagemente Kouga e Eden, todavia, Medea utiliza seus truques de ilusão em Kouga fazendo com que o Deus primordial das Trevas acorde e com grande furor, dá um forte golpe no peito do Cavaleiro de Peixes, matando-o instantaneamente. Antes de tombar no chão, Amor não consegue acreditar que ele fora derrotado e que morreria tão facilmente.

Saga de Pallas

Amor seria citado por Kiki de Áries como um dos Cavaleiros de Ouro mortos na batalha contra os Deuses Marte e Apsu.

Habilidades de luta

Amor000

Amor detêm a Devastação de Órion

Amor é reconhecido como um dos mais poderosos Cavaleiros de Ouro de sua geração e por sua vez um dos mais fortes do Santuário enquanto era regido por Marte. Seu poder e proeza são tais que ele fora capaz de abater Micenas de Leão sem sequer lutar a sério, apesar do mesmo acreditar que a batalha de ambos culminaria em uma Guerra de Mil Dias já eram da mesma patente. Mesmo os jovens Cavaleiros de Bronze, apesar de suas vitorias perante os demais Cavaleiros de Ouro, ficaram assombrados com o poder extraordinário que Amor detinha, sendo constantemente dominados e derrotados cada um por ele, sozinho, em momentos diferentes.

Capacidades

  • 640px-Amor cosmos

    Amor elevando seu Cosmo do Elemento Trevas

    Utilização do Cosmo: Sendo um Cavaleiro de Ouro, Amor utiliza o cosmo como sua fonte de energia e dado sua patente, ele tem um controle ainda mais refinado que os demais. Em seu caso em particular, segundo foi constatado por Micenas de Leão, Amor possui um cosmo altamente poderoso baseado no Elemento Trevas que quando manifestado gera uma massa de energia sombria, em contraste com a aura dourada emanada pelos demais Cavaleiros de Ouro, sendo que só a sua elevação do mesmo fora capaz de matar Micenas quase instantaneamente. Após receber de Medea as Trevas que Marte carregava em sua Galáxia, seu cosmo se tornou ainda mais estarrecedor ao ponto de ser comparado com o Deus da Guerra romano, embora tal como ele, Amor não fora capaz de dominar todo o poder em si.
    • Amor usando o Elemento Água
    • Amor usando o Elemento Trevas
    Domínio dos Elementos: Amor é um dos poucos Cavaleiros capaz de usar dois elementos, em seu caso, o Elemento Água e Elemento Trevas, todavia, Amor possui grande maestria e poder destrutivo em ambos elementos, algo considerado raro mesmo entre os Cavaleiros de Ouro. Com seu controle sobre Água, apesar de constituir apenas uma de suas técnicas principais e não ser muito utilizado, Amor poderia gerar grandes pilares que podem lançar seu adversário a vários metros de altura, barreiras protetoras e jatos comprimidos capazes de derrubar o alvo de uma só vez. Já controlando as Trevas, Amor era um mestre neste campo, sendo tal elemento o principal constituinte de suas técnicas mais poderosas as quais nem mesmo os usuários do Elemento Luz seriam capazes dissipar, podendo criar mortalhas de escuridão, disparar esferas, rajadas ou laminas de energia, criar lanças enérgicas que podiam imobilizar seu adversário em forma de uma gaiola, gerar chicotes e trovões que viravam algemas feitas puramente de trevas, alem de revestir partes de seu corpo afim de aumentar sua força, resistência ou defesa em uma batalha. Ele também poderia combinar seus dois elementos em um único ataque afim de causar um dano maior em seu alvo.
  • Domínio do Sétimo Sentido: Como Cavaleiro de Ouro, Amor possui o domínio completo do Cosmo, dando-lhe força sobre-humana e habilidades superiores às dos Cavaleiros de Prata.
  • Técnicas Paranormais: Diferente de seus precededores, Amor também domina certas habilidades psíquicas, especialmente a telepatia com a qual ele se comunicava com sua irmã mais velha.
  • YunavsAmor--fair--

    Amor desviando dos ataques de Yuna

    Aptidão Física: Amor esta entre os Cavaleiros mais fortes e resistentes em combate de sua geração. Em seu confronto contra os Cavaleiros de Bronze, nenhuma das técnicas utilizadas pelo mesmos fora capaz de feri-lo ou sequer retarda-lo apesar de acerta-lo em cheio, demonstrando por sua vez um alto nível de durabilidade, sendo que se quisesse, Amor poderia se desviar da maior parte dos ataques físicos direcionados a ele ou mesmo bloqueá-los com apenas uma mão. Mesmo sem utilizar suas técnicas, Amor poderia dominar Kouga, Ryuho, Yuna, Souma, Haruto e mais tarde Eden sem nenhum esforço. Depois de receber as Trevas de Marte, as capacidades em combate de Amor aumentaram ao ponto de serem comparadas com o Deus da Guerra. Em geral, o único capaz de feri-lo mortalmente fora Apsu ainda dentro de seu receptáculo.
  • SSO 44

    Amor ao lado dos Reis Celestiais de Marte

    Estilo de Luta: Como Cavaleiro de Ouro, Amor tem a capacidade de se mover e desferir golpes na velocidade da luz, além de possuir maestria na manipulação do Cosmo e de seus elementos, ele poderia também lançar rajadas de energia e utilizar feitiçaria para dificultar as investidas de seus adversários, restringir os movimentos de um alvo com o uso de uma de seus técnicas, alem de convocar os Quatro Reis Celestiais de Marte para auxilia-lo em um combate em que esta em desvantagem. Amor também pode paralisar um adversário ao bater em suas articulações com pequenas pinceladas de energia, o deixando praticamente indefeso.

Outras habilidades

Magia

Golpesamor' (2)

Amor iniciando sua técnica mistica

Amor detém um domínio elevado sobre a arte da bruxaria, assim como sua irmã. Em diversas situações, Amor foi mostrado criando selos mágicos para atacar seus inimigos, ou realizar proezas incríveis. A capacidade de Amor para invocar os Quatro Reis Celestiais é proveniente de meios mágicos, em contraponto às técnicas derivadas puramente do domínio do cosmo, algo constatado pelos comentários dos Cavaleiros de Bronze. Dado que para Amor conseguir conjurar os quatro guerreiros mais poderosos de Marte, é possível que ele seja um feiticeiro de alto nível ou esse feito foi realizado mediante um empréstimo de poderes vindos de Medea.

Técnicas especiais

Rinne Keshou

Ciclo da Magia
(Rinne Keshou)
Elevando seu cosmo até o limite, Amor se envolve em trevas e abre quatro portais no chão, próximo a seus adversários. Em seguida, ele invoca os espíritos dos “Quatro Imperadores de Marte”: Baco (Água), Vulcano (Fogo), Diana (Trovão) e Rômulo (Terra). Cada um deles enfrentou anteriormente, Seiya e seus amigos, mas Atena os feriu e os aprisionou, fazendo-os cair em um longo sono. Com essa técnica, Amor pode fazer os Imperadores de Marte despertarem e assim, usá-los para atacar e massacrar seus inimigos.

Silent Water

Água Silenciosa
(Silent Water)
Amor concentra sua cosmo energia no seu dedo indicador da mão esquerda, no qual cria um brilho azul. Em seguida, do chão, surge uma parede de água que se eleva em grande velocidade. Essa parede é indestrutível, devido à grande velocidade com que a água corre para cima, a não ser que Amor a detenha ou seja derrotado. Essa é a técnica de Amor em que é mostrado seu controle sobre o Elemento Água.

Arrested Judgement

Lanças do Julgamento
(Arrested Judgement)
Acumulando sua energia nas duas mãos, Amor cria inúmeras lanças de Trevas e as lança rapidamente contra o inimigo. As lanças se prendem ao redor do adversário e criam uma espécie de “gaiola”, que o prende, impossibilitando sua fuga. As lanças podem ser facilmente destruídas se o adversário puder dominar o elemento Trevas e elevá-lo, mas se isso não acontecer, ele ficará preso para sempre, a não ser que o próprio Amor o liberte ou seja derrotado. Ele também pode usar essas lanças como ataque e perfurar seu oponente. Amor considera esta "uma técnica especial", pois o elemento Luz não tem efeito sobre as Trevas nesse caso.

Bloody Waltz 003

Valsa de Sangue
(Bloody Waltz)
Canalizando sua energia cósmica em ambos os braços, Amor a expele pelas palmas das mãos e cria duas espécies de "chicotes das Trevas", que exalam o Cosmo da Escuridão. Amor pode usar os dois chicotes para atacar seu inimigo, ferindo-o com as Trevas. Apesar de ser uma técnica perigosa, é bastante lenta e fácil de ser derrotada.

Bloody Cannon 003

Projetéis de Sangue
(Bloody Cannon)
Amor cruza os dois braços em seu peito e cria várias lâminas de Trevas entre os dedos. Em seguida ele descruza os braços rapidamente e dispara as lâminas em direção ao oponente, que explodem e o atravessam ao atingi-lo. Apesar de ser uma técnica do elemento Trevas, segundo Amor, ela pode ser disparada na velocidade da luz.

Gravity Concerto 003

Gravity Concerto 02

Réquiem das Trevas: Concerto da Gravidade
(Yami no Requiem: Gravity Concerto)
Amor convoca o poder da Constelação de Peixes, e expande seu cosmo das Trevas por todo o campo de batalha. Em seguida, ele ergue seu braço direito para cima e cria uma espécie de “batuta”, parecida com a que um Maestro usa para dirigir uma orquestra. Amor pode usar livremente essa batuta para manipular a gravidade em todo o campo de batalha, fazendo os adversários flutuarem, colidirem com o teto ou com o chão, deter e espalhar a energia de vários golpes, e até mesmo usar a atmosfera para esmagar o oponente. Essa técnica possui uma variação em que Amor acumula energia em seu braço esquerdo, eleva-se em um salto para o céu e lança um raio de Trevas com seu dedo indicador. Esse raio se expande após atingir o inimigo e o prende em “algemas” feitas com a habilidade telecinética do Cavaleiro.

Bloody Valleto

Disparo de Sangue
(Bloody Bullet)
Nessa técnica, Amor eleva seu cosmo ao máximo e o acumula em seu punho direito. Em seguida ele usa todo esse cosmo para lançar uma estranha combinação de Elemento Trevas e Elemento Água em seu inimigo na forma de um gigantesco jato azul. Esse jato gera uma explosão antes de alcançar o adversário e o golpeia, causando danos.

==Fr|}

Frases

Uma Guerra de Mil Dias ? Ou o combate ficará num impasse, ou ambos morrerão. Mas isso é só se os poderes de ambos forem equivalentes, não? Infelizmente, eu e você somos muito diferentes. A diferença entre nossos poderes é esmagadora!

Amor debochando da proposta de Micenas para uma Guerra de Mil Dias.

Você me enganou! Nunca pensei que eu, seu próprio irmão, não passava de um peão! Estou surpreso! Muito Bem! Então eu também tenho uma ideia! Não me importo com minha irmã e nem mais nada! Vou matar todos vocês e eu vou governar este mundo!

Amor para Medea no Planeta Marte.

Que pena. Não imaginava que o primeiro fora da minha vida seria aqui e agora. Inacreditável.

Amor para Yuna na Casa de Peixes durante a Batalha das Novas Doze Casas.

Micenas... Foi um oponente entediante. Difícil de acreditar que aquele era o Cavaleiro de Leão, rei de todas as feras.

Amor para Eden na Casa de Peixes durante a Batalha das Novas Doze Casas.

Curiosidades

  • Gilgamesh

    Gilgamesh de Fate/Zero

    Em termos de aparência, Amor tem uma semelhança gritante com o personagem Gilgamesh do anime Fate/Zero.
    • Curiosamente, Amor foi derrotado por Apsu, que assim como Gilgamesh, é um personagem baseado diretamente em uma figura homônima da mitologia babilônica.
    • Os elementos de Amor, Água e Trevas, também se relacionam com o deus Apsu da mitologia babilônica, sendo o deus das águas subterrâneas, enquanto em Omega é o deus primordial regente das Trevas.
  • Apesar da relação mitológica entre seu homônimo e Marte, Amor não tem relação consanguínea com ele, sendo apenas cunhados, pois é o irmão mais novo da esposa do deus.
  • Muitas falas de Amor denotam que ele se comporta como um diretor de teatro ou um cineasta, que prepara uma cena de impacto perante seus espectadores.
    • Tal característica o faz também semelhante a Yohma de Mefistófeles, cuja as atitudes e trejeitos são quase similares.
    • Fora que algumas das técnicas de Amor são batizadas com nomes de composições musicais teatrais: Concerto de gravidade, Valsa de Sangue, Bala Sangrenta ou Canhão Sangrento.
  • Amor é até o presente momento o único personagem que matou outro Cavaleiro de Ouro em combate por seu próprio mérito.
  • Apesar de muitos fãs o chamarem de "Amour" (amor em francês), o nome global correto é "amor" em katakana como a sua cotação oficial e chamá-lo de "Amor".
  • Amor é singular de várias formas dentre os demais Cavaleiros de Peixe:
    • Primeiro (e até agora o único) a nunca ter servido a Atena
    • É o primeiro visto a usar cabelo curto.
      • Referente a isso, Amor é o terceiro Cavaleiro de Peixes a ter o cabelo louro.
    • Detentor do maior numero de técnicas dentre eles até o presente momento.
      • Todavia, ele é o único a não utilizar rosas ou veneno em suas técnicas e portanto, não usa nenhuma das técnicas secretas em comum dentre eles
    • É o primeiro a ser visto como um dos Cavaleiros de Ouro mais poderosos de sua geração e não ter habilidades de estrategista, o que o difere de seus antecessores que embora não estivessem entre os mais poderosos de suas respectivas épocas, eram estrategistas natos em combate.
  • Curiosamente, apesar de Amor ter declarado que Ionia era o mais poderoso Cavaleiro de Ouro da Torre de Babel, dada a sua proeza em combate contra os Cavaleiros de Bronze e por tê-los oprimido constantemente, está implícito que era ele de fato o mais poderoso dentre os de Ouro.

Imagens Oficiais

Galeria

  • Amor se apresenta para os Jovens Cavaleiros
  • Amor de Peixes preparando seu golpe 'Detenção do Julgamento'
  • Amor sorrindo
  • Amor feliz com a Chegada do novo mundo
  • Amor absorve mais poder de Trevas
  • Amor forçando Yuna a sentar no lado dele
  • Amor de Peixes com Elmo

Referências Bibliográficas

  1. [1] Perfil do personagem - Site em japonês
  2. A veracidade da história de origem de Medea e Amor é questionável, porém, ele deu a entender que tudo era uma mentira
  1. REDIRECIONAMENTO Predefinição:Cavaleiros de Atena
Cavaleiros de Atena
Deus
Grandes Mestres
Cavaleiros e Amazonas de Ouro
Cavaleiros e Amazonas de Prata
Cavaleiros e Amazonas de Bronze
Cavaleiros e Amazonas de Patente Desconhecida
Cavaleiros e Amazonas de Aço
Cavaleiros e Amazonas sem Constelação
Soldados, Aprendizes e Subordinados
Exército de Marte
Deus Marte
Marcianos SoldadosEsquadrão Formiga
Reis Celestiais DianaBacoVulcanoRomulo
Alto-Marcianos Sonia de Vespa
Feiticeira Imperial Medea
Guerreiros Marcianos Ordykia de Louva-a-deusRagno de AranhaIrmão MarcianoIrmão Marciano IICapitão MarcianoRajinsuki de Formiga
Guardiões das Ruínas Fly de MoscaMichelangelo de EscultorSonia de VespaMirfak de PerseuBartschius de GirafaMenkar de BaleiaBayer de Boieiro
Cavaleiros de Bronze Eden de Órion
Cavaleiros de Ouro Kiki de Áries*Harbinger de TouroParadox de GêmeosSchiller de CâncerMicenas de LeãoFudou de VirgemGenbu de Libra*Sônia de EscorpiãoIonia de Capricórnio*Tokisada de AquárioAmor de Peixes
Patentes conhecidas
Antecedido por
Afrodite
Cavaleiro de Peixes Sucedido por
Nenhum
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.