FANDOM


O Segredo das Armaduras! Um Novo Poder Entra em Ação! (Kurosu no Himitsu! Hatsudō-suru Aratana Chikara! 聖衣(クロス)の秘密! 発動する新たな力!) é o octagésimo sexto episódio do anime Os Cavaleiros do Zodíaco Ω e também corresponde ao trigésimo quinto episódio da segunda temporada da série.

Resumo

Os jovens Cavaleiros de Bronze enfrentam Gália, permitindo aos Cavaleiros de Ouro e Atena seguirem em frente até Pallas. Embora a inimiga seja imponente, Subaru novamente emana o misterioso cosmo agressivo para romper o ritmo dos ataques dela. Após perceberem que a arma de Gália foi rachada, nossos heróis elevam seu cosmo, desta vez unidos. Eles despertam poderes ocultos de suas armaduras e juntos realizam um de seus primeiros milagres em Pallas Belta. Mas será que eles conseguiram despertar o Ômega, o cosmo supremo?

Enredo

Gália está realmente surpresa por Paradox se sacrificar para ajudar os Cavaleiros de Atena. Embora zombe do esforço das irmãs gêmeas, Ryuho e os outros cavaleiros se cansam de ouvir as humilhações da inimiga e a desafiam para uma batalha decisiva. Enquanto Íntegra permanece ao lado de sua falecida irmã, Gália propõe aos demais que a sigam até um campo mais aberto, onde poderiam degladiar-se à vontade.

Ao chegarem em um dos pátios do castelo, Kiki é o primeiro a perceber que o local estava completamente envolvido pelo sinistro cosmo de Gália, cujo objetivo era eliminar seus inimigos sem danificar a estrutura do castelo. Embora Harbinger esteja disposto a enfrentá-la, os Cavaleiros de Bronze se oferecem para a missão após perceberem o quanto o tempo de Atena estava se esgotando. 
GaldysNeyup

Um novo desafio para Atena e seus cavaleiros.

Kouga e os demais conseguem persuadir Seiya e os demais a continuarem guiando Atena até o Salão do Trono. Shiryu pede ao seu filho que confie em seus amigos, pois certamente juntos eles encontrariam a resposta para vencer o novo desafio. Gália se cansa de esperar, e logo parte para o ataque. Ryuho e Kouga unem forças para distraí-la a tempo suficiente de Atena e os Cavaleiros de Ouro saírem daquele local em segurança.

Gália sente-se humilhada por ter perdido o rastro de Atena e dos Cavaleiros de Ouro e promete descontar toda sua frustração nos Cavaleiros de Bronze. Enquanto isso, em seu trono, Pallas fica aliviada ao ver que sua irmã já não corria perigo nas mãos de Gália. Contudo, Hipérion é enfático ao dizer que Gália está apenas brincando com os cavaleiros; em contrapartida, Titan o deixa perturbado ao mencionar que o desprezo dela pelo humanos poderia custar-lhe a vitória, visto que ela estava ignorando o verdadeiro potencial deles. 
Ep86rt (224)

O cosmo de Subaru novamente surpreende Kouga e Éden.

Gália é feroz, e consegue derrubar Souma e Yuna com o grandioso poder de sua espada, a Lâmina Divina da Guerra (Bushinkôriken). Embora Haruto e Ryuho tentam atacá-la juntos, Gália os surpreende com sua velocidade e força, derrubando-os também. Éden faz o possível para romper a postura de batalha da inimiga, porém é atingido pelo poder de sua espada. Kouga e Subaru combinam seus cosmos, porém o ataque deles é insuficiente para sequer arranhar a Photontector de Gália, cujo poder é três vezes superior a de uma Armadura de Ouro.

Além disso, ela está confiante em sua vitória porque também pode manusear livremente a grandiosa espada concedida pelo deus dela. Embora Gália também consiga nocauteá-los com o poder de sua espada, Kouga e Subaru se levantam tal qual os demais cavaleiros e insistem em lutar. Gália resolve eliminá-los com a luz sagrada de sua espada, mas Subaru emana seu cosmo agressivo e consegue protegê-los temporariamente. Todos os cavaleiros, principalmente Éden se lembram se já terem presenciado tal cosmo energia em batalhas anteriores.

Subaru desafia Gália para um duelo, surpreendendo-a também com sua audácia. Embora o jovem cavaleiro seja capaz de pressioná-la por instantes com seu cosmo, Gália ameaça matar a todos com a força total da Lâmina Divina da Guerra. Subaru se põe a frente de seus companheiros e suprime o ataque da inimiga com o próprio corpo, ao mesmo tempo em que trinca a espada dela. Embora estejam preocupados com o estado de Subaru, Kouga e os demais percebem que há uma chance de derrotar Gália. Eles decidem elevar seus cosmos até o extremo, e desta vez juntos. 
Gfsgfht26784

O olhar incrédulo de Gália diante da força dos jovens Cavaleiros.

A inimiga se irrita com tamanha petulância, ainda mais com a amizade dos cavaleiros e decide matá-los de vez. Eis que os jovens cavaleiros, em nome do esforço de Subaru, dos companheiros que caíram e também, de Atena, despertam um misterioso poder infinito (Mugen no Chikara). As Armaduras de Bronze de Pégaso, Órion, Águia, Leão Menor, Dragão e de Lobo despertam novos equipamentos de combate, permitindo aos seus portadores maior agilidade e mais força para fazer frente à inimiga.

Os jovens cavaleiros percebem que sozinhos jamais derrotariam alguém tão forte quanto Gália, e após tantas lutas percebem que podem superar as dificuldades se estiverem juntos. Gália não compreende o verdadeiro significado das ações de seus oponentes, dizendo que somente o poder concedido por seu deus é a verdade absoluta do mundo. Porém, ela percebe tarde demais o quanto subestimou os Cavaleiros de Bronze. Haruto e Souma conseguem desviar dos ataques velozes de Gália e a atingem as ombreiras de sua chronotector.

Gália se distrai ao ver que eles conseguiram danificar sua vestimenta de combate, e Yuna aproveita a chance para destruir o elmo dela. Ryuho detém os movimentos de Gália com sua nova espada flexível feita de diamante enquanto Éden se prontifica de protegê-lo com toda sua força. O Cavaleiro de Órion concentra seu cosmo e ao atacar Gália, ele consegue destruir sua espada completamente. A guerreira entra em estado de choque e é executada por Kouga, momentos depois de ser repreendida por subestimar demais os humanos.

Subaru está contente pela vitória de seus amigos. Atena e os Cavaleiros de Ouro testemnham a explosão no campo de batalha e se surpreendem com o incrível poder dos Cavaleiros de Bronze. Contudo, Fudou, o Cavaleiro de Virgem está certo de que os jovens apenas despertaram uma parte do verdadeiro poder que possuem. Ele está certo que muitas portas ainda se abrirão em seu obscuro futuro e segue acompanhando seus companheiros até Pallas.

Os jovens cavaleiros estão surpresos por adquirirem o poder necessário para vencer Pallas e seus asseclas, mas Éden os previne sobre os outros guerreiros mais fortes, Hipérion e Titan. Em seu trono, a deusa Pallas alega que a morte de Gália foi propícia uma vez que esta jamais compreenderia o verdadeiro significado do amor - sentimento este que ainda a mantém unida à deusa Atena desde as eras mitológicas. Hipérion desdenha dos sentimentos de Pallas e também do milagre criado pelos Cavaleiros de Bronze. Ele está pronto para o próximo combate; envergando sua Destructiontector, ele promete acabar com seus inimigos com o poder de sua Espada Celeste da Destruição (Tenchihômetsuzan).

Acontecimentos Importantes e Curiosidades

  • Os Cavaleiros de Ouro reconhecem a misteriosa força dos atuais Cavaleiros de Bronze, após estes derrotarem Gália, a única mulher entre os Grandes Reis, os leais súditos do verdadeiro inimigo de Atena. Contudo, Fudou admite que ainda há algo sem explicação, pois eles só foram capazes de despertar uma parte do verdadeiro poder, o Ômega. Por acreditarem no poder da amizade, os jovens cavaleiros estão próximos de despertar esta força misteriosa. Kouga e Yuna ganharam asas em suas armaduras; Souma e Haruto adquiriram maior velocidade graças as novas garras em seus pés; Ryuho consegue lutar com um chicote de diamante enquanto Éden ganhou proteção extra em seus ombros e costas, além de amplificar seu poder de defesa. O semideus conseguiu destruir a espada de Gália após Subaru trincá-la com seu cosmo misterioso; [1] 

    Dvsdd

    A primeira evolução das Armaduras de Bronze, após os Cavaleiros despertarem o Poder Infinito.

  • A palavra Gália requer uma metódica análise, pois seu signifcado é extenso. Da mesma forma que os portugueses utilizavam o termo Lusitânia para se referir ao seu país, Gália é um termo comumente utilizado para se referir ao moderno território francês, ou mais precisamente a antiga região povoada pelo povo gaulês - cujo território, na época, era um pouco mais vasto do que o atual, e foi considerado também província do Império Romano. Esta palavra tem origem do latim Gallia, visto que os romanos a utilizavam para se referir às terras célticas, localizadas na Europa ocidental. Atualmente, os historiadores são unânimes ao dizer que a Gália compreendeu não apenas a França, mas também algumas partes da Bélgica, da Alemanha e o norte da Itália. A palavra latina também foi utilizada para batizar o 148º asteróide a ser revelado na Cintura Principal Astronômica, também conhecida como Cinturão Principal de Asteróides, uma região do Sistema Solar localizada próxima às órbitas dos planetas Marte e Júpiter. Foi descoberto pelo observador e astrônomo francês Prosper Henry em 7 de agosto de 1875;[2]

  • O roteirista deste episódio, Makoto Oyama (誠大山) é um estreante no mercado de trabalho, e teve maior participação na segunda parte da primeira temporada da série Ômega, que trata a narrativa da Batalha das Doze Casas. Ele é um colaborador do roteirista oficial da segunda temporada da série, Yoshimi Narita (成田 良美), cada vez mais responsável pela composição dos episódios do que os roteiros, em si. Por sua vez, Hideki Hiroshima (広嶋 秀樹), o co-diretor responsável por este episódio tem trabalhos reconhecidos nos animês Magical Doremi (Ojomajo DoReMi) e Ring Ni Kakero (Put It All the Ring), o primeiro grande sucesso do autor Masami Kurumada. Ambos os animês foram produzidos pela Toei Animation. O diretor Yoshitaka Yashima (八島 善孝), responsável pela animação de mais de 29 episódios da série Ômega, já realizou trabalhos para outra franquia da Toei, Digimon, cujas cinco primeiras séries foram exibidas em diversos países, incluindo o Brasil;[3]

  • Embora anunciado em novembro de 2013, o CD Saint Seiya Omega Song Collection foi oficialmente lançado no dia 25 de dezembro no Japão. Ele é o quarto OST (Original Sound Track) da série Ômega, e está composto por 11 melodias, referentes as duas temporadas do animê Os Cavaleiros do Zodíaco Ômega (Saint Seiya Omega). Uma delas, Undercover of the Moonlight (ムーンライトのアンダーカバー ~Mūnraito no andākabā~ ou Segredo do Luar, numa tradução literal) foi interpretada como backsound no 56º episódio  por Tatsuhisa Suzuki (鈴木達央), o seiyû do personagem Haruto de Lobo. O backsound do episódio de hoje foi a décima faixa do CD interpretada pelo seiyû do Kouga de Pégaso, Hikaru Midorikawa (緑川光) e ela se chama Bravely (勇敢に ~Yūkan ni~ ou Corajosamente, em tradução literal). O custo inicial deste CD foi de 2800 Yen (ienes), ou R$ 65,75 em dados aproximados. A principal reclamação dos fãs foi referente a entrega deste material no Brasil, visto que muitos consumos foram barrados por mais de 25 dias na Receita Federal aguardando liberação, o que mostrou dificuldades para os mesmos importarem produtos;[4] 

    Episódio 86 - Ospedale degli Innocenti, Boboli Gardens e Ospedale Maggiore

    Semelhanças do campo de batalha com os Jardins de Boboli (primeira foto à direita), o Ospedale degli Innocenti (as duas fotos abaixo à direita) e o Ospedale Maggiore (a última foto desta imagem).

  • No dia 8 de janeiro, o CD single da banda Cyntia foi lançado no Japão. Ele contém a música de abertura da segunda fase da segunda temporada da série Ômega. Os fãs podem conferir as imagens das duas edições dos discos, sendo que uma delas tem a capa tematizada com os personagens do animê, no site oficial brasileiro Ainda de acordo com o mesmo, a loja virtual Amazon.co.jp anunciou a segunda box de DVDs e Blu-Rays japoneses da segunda temporada do animê. Esta box conterá 20 episódios compilados em 6 DVDs e 4 discos Blu-Ray (correspondentes do 78 ao 97) + um livreto de 24 páginas. O custo do DVD é de 33900 Yen (aproximadamente R$ 787,00 + impostos + frete) e do Blu-Ray é de 39900 Yen (cerca de R$ 934,00 + impostos + frete). Ainda não se sabe se este lançamento marcará o encerramento da série Ômega definitivamente, ou apenas da segunda temporada. Cabe ressaltar que boatos sobre a segunda temporada começaram a sugir quando a primeira temporada estava para acabar em meados de abril no Japão; portanto há expectativa para uma terceira temporada, embora até o momento nenhum anúncio oficial foi feito pela Toei Animation;[4]
  • Itália Renascentista - Embora não haja notas oficiais, percebe-se que o campo de batalha retratado neste episódio é semelhante ao Ospedale degli Innocenti  (Abrigo dos Inocentes, em português), um antigo orfanato de crianças, localizado em Florença na Itália. Suas estruturas são referência na arte italiana renascentista. Além disso, há semelhanças com outros locais turísticos como os Jardins de Boboli, um parque local e o Ospedale Maggiore, também conhecido como Ca' Granda (Grande Casa), um prédio no centro de Milão, no norte da Itália, que atualmente abriga um dos primeiros hospitais comunitários, e também considerado o maior do século XV, além de ser uma das sedes da tradicional Universidade de Milão[5] 

    GURUMI

    A nova arma de Ryuho é semelhante ao urumi (arma indiana) e as lâminas-chicote europeias.

  • Curiosidades sobre a nova arma de Ryuho de Dragão - o filho de Shiryu conseguiu despertar um poder oculto de sua armadura após elevar seu cosmo até o infinito. Trata-se de um aparato conhecido por espada flexível ou chicote-lâmina (por vezes chamado de lâmina-chicote), cujo peso ideal para combate é até 120kg. Estas armas são lâminas entrelaçadas unidas por um fio muito resistente, cujo design à princípio confunde os inimigos, fazendo-os acreditar se tratar de um simples chicote. Os chicotes-lâmina possuem poder de corte tão afiado quanto a de uma katana (a espada japonesa). Não há fontes precisas sobre quem desenvolveu este tipo de arma, embora os historiadores arrisquem dizer que ela tenha sido desenvolvida nas fronteiras entre o Leste Europeu e a Ásia Meridional; outros afirmam que esta arma é um derivado ocidental do urumi, a espada indiana curva - também conhecida como chuttuval - um misto entre o chicote e a espada, geralmente com 1,70m de comprimento e de peso inferior (apenas 500 gramas). O urumi é uma das armas exóticas mais antigas, sendo não apenas utilizadas para a prática do vajra murti (confecção de estátuas) ou no mais raro dos casos, por dançarinas árabes experientes no uso deste artefato tão perigoso - sabe-se que na antiguidade tal feito era de responsabilidade das odaliscas. Pelo formato do urumi, os espadachins não podem guardá-lo em uma bainha tão pouco apará-lo. Nas guerras antigas, a espada indiana foi de grande ajuda, pois um oponente dificilmente conseguia detê-la com um escudo; dois motivos aparentes são atribuídos: (1) o efeito surpresa e o (2) formato da espada. No primeiro caso, os espadachins conseguiam enrolá-la na cintura, assim ocultando-a com facilidade para surpreender seus inimigos num só ataque; enquanto que no segundo, ao ser brandida, a lâmina se estica como uma serpente, consequentemente tornando seus movimentos muito imprevisíveis. Embora seja descrita como uma lâmina fina como papel, o urumi pode causar ferimentos fatais para seu portador caso este não souber recolhê-la direito. Contudo, o design europeu mostra ligeira vantagem, pois sua retração é semelhante a de uma trena, o que reduziria o risco de acidente em 20%, segundo especialistas;[1][6][7]

  • A palavra romanizada Kurosu (クロス) do original Cloth (Armadura, em inglês) foi contextualizada no plural; embora a um primeiro momento, o título do episódio pudesse fazer referência à Armadura de Pégaso, que diferente das demais, possuir o maior número de evoluções no campo de batalha. Desta forma, por exemplo, a palavra livro (hon) pode ser lida independentemente do número. Outra característica é que as palavras não variam conforme o gênero (masculino ou feminino), conforme o primeiro exemplo citado. Porém, no caso de algumas palavras nativas (mais derivadas do proto-japonês do que o mandarim em si), o gênero ou o plural são designados com reduplicações (sufixos) - o que conclui que os pronomes são exceções à regra citada. Quando se diz ele (かれ kare) ou ela (かのじょ kanojo), as referências são estas apresentadas em parênteses; quando nos referimos a um grupo de homens (eles - 彼ら kakera ou 彼らたちkakera-tachi) mulheres (elas - 彼女ら kanojora ou 彼女たち kanojo-tachi), os sufixos -ra e -tachi são essenciais.[8]

Personagens aparecem na seguinte ordem

Técnicas e Armas Utilizadas

  • Meteoro de Pégaso (Pegasus Ryu Sei Ken) e Turbilhão de Pégaso (Pegasus Rolling Crush) por Kouga;
  • Dragão Dançante (Sui Ryuu Enbu) e Cólera do Dragão (Rozan Sho Ryu Ha) por Ryuho;
  • Rajada Uivante (Wolf Gang Bike Blow) por Haruto;
  • Devastação de Órion (Orion Devastation) e Extermínio de Órion (Orion Extermination) por Éden;
  • Explosão Supernova (Supernova Explosion) por Subaru;
  • Lâmina Divina da Guerra: Luz de Nêmesis (Bushinkôriken: Raitô obu Nemesesu) por Gália;
  • Lâmina Divina da Guerra: Grande Luz Ascendente (Bushinkôriken: Hiten Dai Sen Kô) por Gália.

Prévia (Próximo Episódio)

  • Chegou a hora dos Cavaleiros de Ouro enfrentarem Hipérion, um dos Quatro Grandes Reis. Envergando uma das mais poderosas chronotectors, o inimigo ameaça Atena, porém Shiryu, Kiki e Fudou unem forças para ajudá-la em sua missão. Eles resolvem dar tudo de si nessa batalha e estão dispostos até a violar as leis do Santuário para vencê-la!

Galeria de Imagens

  • Gália em posição de defesa.
  • O olhar desafiador de Subaru.
  • O cosmo latente de Subaru no campo de batalha.
  • A união faz a força!
  • O início da evolução.
  • Haruto de Lobo - Armadura Ômega 1ª Versão
  • Souma de Leão Menor - Armadura Ômega 1ª Versão
  • Éden de Órion - Armadura Ômega 1ª Versão.
  • Yuna de Águia - Armadura Ômega 1ª Versão.
  • Ryuho de Dragão - Armadura Ômega 1ª Versão.
  • Kouga de Pégaso - Armadura Ômega 1ª Versão.
  • Hipérion pronto para o novo combate."









Referências Bibliográficas

  1. 1,0 1,1 第86話 聖衣の秘密! 発動する新たな力! ストーリー 聖闘士星矢Ω テレビ朝日. Os Cavaleiros do Zodíaco Ômega (Saint Seiya Omega), episódio 86. TV Asahi. Página visitada em 2014-01-04.
  2. VIARIO, Mario Eduardo. Etimologia. São Paulo: Ed. Cultura, 2011. ISBN: 8572445412; ISBN-13: 9788572445412.
  3. [1] Anime News Network - Site em inglês.
  4. 4,0 4,1 [2] [3]Site oficial brasileiro. Páginas visitadas em 2014-02-12.
  5. ENCICLOPÉDIA Barsa. Gália e Filippo Brunelleschi em Encycliopaedia Britannica). Rio de Janeiro: c.1997, v.4, p:181-2.
  6. HARBI, Abdullah (2007-05-27). Ministry bans sale of white weapons. Kuwait News Agency (Kuwait) - em inglês. Informação retirada em 2014-02-21.
  7. SARAVANAN, T. (2005) Valorous Sports Metro Plus Madurai. The Hindu - em inglês. Informação retirada em 2014-02-21.
  8. KURIHARA, Akiko; KIKUCHI, Wataru. Língua japonesa ao alcance de todos. São Paulo: Ed. Paulus, 2011.


Lista de Episódios Saint Seiya Ω
Saga de Marte 010203040506070809101112131415161718192021222324252627282930313233343536373839404142434445464748495051
Saga de Pallas 52535455565758596061626364656667686970717273747576777879808182838485868788899091929394959697
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.