FANDOM


O som de sua lira são tristes acordes do amor.[1]

Enciclopédia Oficial.

Orphée de Lira (琴座ライラのオルフェ Raira no Orufe?) é o Cavaleiro de Prata de Lira e um Cavaleiro Lendário do século XX, que havia desaparecido há tempos e cuja força acredita-se superar a dos Cavaleiros de Ouro. Era um hábil tocador de Lira. Ele foi para o Mundo dos Mortos para buscar sua amada Eurídice, mas Pandora gostou tanto do som de sua Lira que acabou transformando Eurídice em metade pedra para detê-los no Inferno. A partir disso, Orphée decide permanecer por vontade própria ao lado de sua amada no Mundo dos Mortos, mesmo considerado um traidor pelo Santuário. Depois de encontrar Seiya, resolve voltar a lutar por Atena.[1]

Origem do Nome

Orphée é escrita francesa para o nome Orfeu. Orfeu vem do grego Órfeús (Ὀρφεύς), que significa "Que vive a margem do rio" ou "Que vive ao pé da montanha". Baseado no mito de Orfeu e Eurídice da Mitologia Grega.

Características

Aparência

Orphée 13

Aparência de Orphée

Orphée é um jovem magro de estatura média, que possui pele clara, cabelos loiros (azul claro no Anime) e olhos azul claro. Com apenas 19 anos ele aparenta ser ter a mesma idade que seus veteranos de Ouro.

Personalidade

Orphée e Eurídice 4

Orphée e sua amada Eurídice

Orphée é um guerreiro motivado pelo amor, que em ultima analise foi o seu amor cego por Eurídice que o levou a Hades, pedindo-lhe a vida de sua amada de novo; o que causou sua "estadia" no Inferno pelo resto de sua vida. Seu amor por Eurídice era puro, ele a amava do fundo de seu coração mesmo depois que ela teve parte de seu corpo convertido em pedra, ele continuou ao seu lado, tocando sua Lira. Quando Seiya e Shun o fazem lembrar o que um cavaleiro é, ele reconhece a magoa que até aquele momento ele tinha vivido e então novamente decide lutar por Atena; recobrando assim a imagem que todos tinham dele, um homem justo, maduro, leal, nobre e que realmente era um exemplo de cavaleiro.

Orphée e Faraó 2

A serenidade de Orphée em batalhas

Ele mostrou ter uma personalidade serena e calma, sempre respondendo de forma inteligente as situações que apareciam tanto em conversas quanto em batalhas, podendo analisar os movimento de seus adversários e tocar sua Lira da melhor forma que lhe beneficiaria. Sua personalidade calma e convicta, bem como imparável o transforma, junto a suas habilidades, um guerreiro tão poderoso a ponto de ser considerado mais forte que os cavaleiros de ouro.

Histórico

Passado

É desconhecido em grande parte o passado de Orphée, embora se saiba que adquiriu o status de Cavaleiro Lendário sendo reconhecido por todos no Santuário. Ele tocava para o Grande Mestre, embora não se saiba se era Shion ou Saga (Pela idade de Orphée é de supor que o Mestre na época já era Saga).

Certo dia, Eurídice, o amor de Orphée, foi mordida por uma cobra e acabou morrendo. A fim de ter sua amada de volta, Orphée foi até o Inferno e com sua triste melodia convenceu Hades a lhe devolver Eurídice. Entretanto, o Imperador do Mundo dos Mortos deixou bem claro a Orphée que durante sua trajetória rumo à saída do Inferno, o mesmo não podia olhar para trás uma vez sequer, porque se ele olhasse para trás, seu desejo nunca mais se realizaria.[2]

Eurídice tem seu corpo transformado em pedra

Eurídice tem seu corpo transformado em pedra

Pandora não aceitou tal atitude e com intuito de fazer Orphée ficar no inferno, achando que Hades apreciaria ouvir o som de sua Lira mais vezes, tramou um plano junto com o espectro Faraó de Esfinge para manter Orphée no Inferno tocando sua Lira para Hades. Ao ver uma luz, que Orphée acreditou ser a luz do sol, o Cavaleiro de Lira, acreditando que finalmente chegaram à saída do Inferno, cometeu o trágico erro de olhar para trás e com isso, o corpo de Eurídice foi transformado em pedra, impedindo-a de voltar à Terra. Orphée então decidiu ficar no Inferno ao lado de sua amada, tocando sua Lira para ela e mantendo sua promessa.[2]

Saga de Hades

Orphée aparece na Segunda Prisão

Orphée aparece na Segunda Prisão

Na Segunda Prisão, Orphée encontra Faraó prestes a atacar Seiya e Shun. Ele pede para o Espectro deixar que ele enfrente os Cavaleiros de Bronze. Ao ver o Cavaleiro de Lira, Seiya se questiona se Orphée é o lendário Cavaleiro de Prata, cuja força acredita-se superar a dos Cavaleiros de Ouro e que sumiu de repente há alguns anos.[3] Faraó revela aos Cavaleiros de Bronze que Orphée veio ao Mundo dos Mortos por vontade própria e que jurou servir a Hades. Em seguida, Faraó ataca os dois Cavaleiros de Bronze com sua "Balança da Maldição", porém a técnica do Espectro é interrompida pela Lira de Orphée, que após salvar Seiya e Shun, ataca os dois com seu "Acorde Noturno" e os vence, carregando seus corpos dali e os deixando em um jardim de flores, onde Orphée se encontra com Eurídice.[3]

Após Eurídice contar para Seiya e Shun o porquê do Orphée estar no Inferno, o Cavaleiro de Lira aparece e pergunta aos Cavaleiros de Bronze o que eles estão esperando para fugirem, revelando que ele os poupou porque também são Cavaleiros. Em seguida, a mesma luz que Orphée confundira com a luz do sol há muito tempo, aparece sobre o jardim de flores e dela, surge Faraó, que toma para si a Armadura de Atena. Após descobrir que Faraó é o culpado por Eurídice ter seu corpo transformado em pedra, Orphée decide enfrentá-lo.[2]

Orphée derrota Faraó

Orphée derrota Faraó

Tocando sua Lira, Orphée consegue fazer Faraó largar a Armadura de Atena, porém o Espectro revida tocando sua Harpa, que arrebenta a principal corda da Lira de Orphée, impedindo-o de usar suas ofensivas musicais. Faraó ataca Orphée com sua "Balança da Maldição", porém é o Espectro que sofre os efeitos de sua técnica até perceber que tudo não passou de uma ilusão da Lira de Orphée. Após perceber que foi errado tentar trazer Eurídice de volta a vida, Orphée decide lutar como um verdadeiro Cavaleiro de Atena e com o "Acorde Noturno", Orphée derrota Faraó.[2]
Orphée Serenata

A Serenata da Viagem da Morte de Orphée

Orphée chega a Giudecca com Shun e Seiya escondidos dentro de um baú cheio de flores. Pandora desconfia e ataca o baú com sua lança, não atingindo aparentemente nada. Chegam os três Juízes do Inferno, que a convite de Pandora, vieram ouvir a Lira de Orphée. O Cavaleiro de Lira põe todos para dormir com sua "Serenata da Viagem da Morte" e então investe contra Hades, porém é impedido por Radamanthys que não caíra em seu truque.[4] Antes que o Espectro pudesse atacar Orphée, Seiya salta do baú e ataca Radamanthys com seu "Meteoro de Pégaso".[4]

Orphée vs Radamanthys

Orphée vs Radamanthys

Orpheé aproveita e investe sobre Hades, mas ao se aproximar, vê que o mesmo é idêntico a Shun e possui o mesmo pingente que Cavaleiro de Andrômeda. Orpheé ataca com seu "Acorde Perfeito" e Hades desaparece. O Espectro e o Cavaleiro de Lira se atracam até que ocorre um impasse. A pedido de Orphée, Seiya ataca ele e Radamanthys com seu "Meteoro de Pégaso". O ataque de Seiya dá fim ao Cavaleiro de Lira, que antes de morrer, deixa a responsabilidade de proteger Atena a Seiya e Shun.[4]


Habilidades de Luta

Orphée Serenata

Orphée tocando sua Lira

Orphée é um lendário Cavaleiro de Prata cuja força acredita-se superar a dos Cavaleiros de Ouro[3] e a dos três Juízes do Inferno.[1] Ele é um Cavaleiro que não usa técnicas de luta corporal, preferindo ataques com sua Lira.[1][3][2][4] Além disso, Orphée conseguiu a façanha de sozinho "tirar de cena" facilmente dois dos três Juízes do Inferno e Pandora, colocando-os num sono profundo.[4] Mesmo que a principal corda de sua Lira seja arrebentada, Orphée ainda será capaz de lutar, como demonstrou na sua luta contra Faraó de Esfinge.[2] É lembrado com Lendário por seu poder superar os dos Cavaleiros de Ouro.

Orphée 85

A manifestação do Cosmo Psíquico de Orphée em sua Técnica Serenata da Viagem da Morte

Domínio do Cosmo: Orphée utiliza o Cosmo como sua fonte de energia; seu cosmo é poderoso o bastante como o dos 12 Cavaleiros de Ouro, confirmando o Sétimo Sentido, além de evidentemente o Oitavo Sentido. O Cosmo de Orphée se manifesta através de sua Lira, podendo causar um séries de variados efeitos, como quando ele simplesmente anulou a Balança da Maldição de Faraó; além disso seu cosmo possui propriedades psíquicas fantásticas capaz de afetar vários inimigos poderosos, através de várias maneiras.

Velocidade da Luz: Mesmo sendo apenas um Cavaleiro de Prata, Orphée é capaz de atacar e se mover na Velocidade da Luz, como demostrado em sua Batalha com Radamanthys, onde conseguiu acompanhar, e mesmo ferido, surpreender o espectro atacando-o com extrema velocidade.

Sétimo Sentido: Orphée, apesar de ser um Cavaleiro de Prata possui um cosmo tão poderoso quantos os Cavaleiros de Ouro, podendo até mesmo supera-los, assim concluir-se que não só despertou, como domina com maestria o Sétimo Sentido, como demostrado em suas batalhas.

Arayashiki: Por ter conseguido chegar com vida no Inferno, confirma-se que Orphée tenha despertado o Oitavo Sentido; notavelmente, antes de qualquer outro Cavaleiro, inclusive os de Ouro. Assim Orphée pode manter seus estado racional e animado no Submundo.

Orphée 99

Orphée resiste ao ataque surpresa de Radamanthys que perfurou o seu coração

Resistência e Aptidão Física: Orphée demostrou uma grande resistência como quando sobreviveu a ter seu coração perfurado pela rajada de poder do cosmo de Radamanthys e ainda poder contra-atacar posteriormente, conseguindo-lhe causar danos letais na hora e que ainda iriam fazer efeitos em posteriores batalhas do Juiz. Naquele momento foi capaz de resistir as investidas de cosmo do espectro, e imobiliza-lo para que Seiya pudesse produzir um dano fatal em ambos, já que morreria logo em consequência da hemorragia. Nota-se também que foi capaz de siar ileso em sua batalha com Faraó de Esfinge, um poderoso espectro com habilidades musicais.

Lira

Orphée tocando sua Lira

Lira de Orphée

A Lira de sua Armadura é um instrumento musical, seu poder consegue "influenciar" até os deuses, acalmando-os.[1] A Lira em si, se transforma em arma com efeitos variados[1][3][2][4]:
  • Manipulação de Corpo: Através do som de sua Lira, Orphée é capaz de paralisar e controlar o corpo de seus oponentes.[2]
  • Manipulação de Ilusões: Através do som de sua Lira, Orphée é capaz de gerar e manipular ilusões.[2]
  • Indução ao Sono: Através do som de sua Lira, Orphée pode induzir seus alvos a caírem num sono profundo.[4]
  • Manipulação de Cordas: Orphée é capaz de manipular as cordas de sua Lira.[4]

Dados da Enciclopédia Oficial

Soco
3/5
Chute
2/5
Técnica com Arma
5/5
Golpes Psíquicos
4/5
Arremesso
2/5

Técnicas Secretas

Acorde Noturno

Acorde Noturno

Orphée Serenata

Serenata da Viagem da Morte

Acorde Perfeito

Acorde Perfeito

Trajes

Predefinição:Trajes

Frases

Já havia dito. Eu mesmo cuidarei deles dois. Além disso Faraó, eles já estão acabados. Não há nada do que se queixar.

Orphée para Faraó de Esfinge.[5]

Eurídice, eu te amo muito. Amo você de todo o meu coração. Por isso eu tentei de tudo... até mesmo trair Atena para poder recuperar a sua alma. Mas uma flor que perece, não volta a florescer. Humanos, pássaros, insetos e até mesmo as estrelas que brilham no céu possuem apenas uma vida. É por isso que são tão preciosas e bonitas. Eu estava errado. Eu estava errado em querer trazer de volta à vida uma pessoa que já estava morta .

Orphée para Eurídice.[6]

Curiosidades

  • No Mangá, Masami Kurumada deu a Orphée cabelos loiros, mas no Anime, a cor de seus cabelos foi modificada para azul claro.
  • Orphée é baseado em Orfeu da Mitologia Grega, mas Kurumada deu-lhe a forma francesa do nome, Orphée (オ ル フ ェ, Orufe), provavelmente em referência ao filme de Jean Cocteau, Orphée.
  • Apesar do fãs acharem que Shaka foi o primeiro cavaleiro a despertar o Arayashiki. Orphée foi aquele que o fez antes, pois há muito tempo já tinha decido ao inferno e despertado seu Oitavo Sentido. A confusão se dá pela Ferramenta de Enredo que Kurumada utilizou na fase Santuário da Saga de Hades, uma vez que era necessário alguém apresenta-se este conceito, e Orphée ainda não tinha sido apresentado.

Bonecos

Orfeu CM
Cloth Myth

Referências

  1. 1,00 1,01 1,02 1,03 1,04 1,05 1,06 1,07 1,08 1,09 1,10 1,11 1,12 Enciclopédia Oficial
  2. 2,0 2,1 2,2 2,3 2,4 2,5 2,6 2,7 2,8 Mangá Os Cavaleiros do Zodíaco - Volume 24, Capítulo 88
  3. 3,0 3,1 3,2 3,3 3,4 Mangá Os Cavaleiros do Zodíaco - Volume 23, Capítulo 87
  4. 4,0 4,1 4,2 4,3 4,4 4,5 4,6 4,7 Mangá Os Cavaleiros do Zodíaco - Volume 24, Capítulo 89
  5. Anime Os Cavaleiros do Zodíaco: OVA 16
  6. Anime Os Cavaleiros do Zodíaco: OVA 17

Navegação

Cavaleiros de Atena
Deus
Grandes Mestres
Cavaleiros e Amazonas de Ouro
Cavaleiros e Amazonas de Prata
Cavaleiros e Amazonas de Bronze
Cavaleiros e Amazonas de Patente Desconhecida
Cavaleiros e Amazonas de Aço
Cavaleiros e Amazonas sem Constelação
Soldados, Aprendizes e Subordinados
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.